Coronel da PM leva 17 tiros e é o 111º policial morto no RJ neste ano

by 24BRASILTVOct. 26, 2017, 7:51 p.m. 388

A cidade do Rio de Janeiro vive um clima de guerra há muito tempo. Nesta quinta-feira (26), mais um policial foi vítima da violência na capital do estado do Rio de Janeiro [VIDEO]. Comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, o coronel Luiz Gustavo de Lima Teixeira, de 48 anos, foi assassinado com 17 tiros [VIDEO], na rua Hermengarda, na região do Méier, zona norte.

As primeiras informações divulgadas eram de que o #Coronel Teixeira, que estava em um veículo branco ao lado de outro policial, ambos à paisana, estava a caminho do batalhão da PM quando se deparou com um arrastão. Na troca de tiros, ambos foram baleados.

O coronel Teixeira foi alvejado 17 vezes.

O motorista do veículo teria sido baleado três vezes, mas sobreviveu. Os dois foram encaminhados ao hospital, mas o comandante do 3º BPM já chegou ao local morto.

Ser policial no Rio de Janeiro é uma das profissões mais perigosas do mundo. Neste ano, 111 policiais já mortos na Cidade Maravilhosa. As cenas de policiais chorando a morte de um companheiro de corporação e de familiares lamentando a morte de maridos, filhos, pais têm sido comuns.

O coronel Luiz Gustavo de Lima Teixeira trabalhava na Polícia Militar havia 26 anos. Ele ingressou na PM aos 22 anos. O coronel Teixeira era admirado pelos policiais que faziam parte de seu batalhão e deixa dois filhos.

Em nota, o governador Antonio Pezão (PMDB) se solidarizou com a família do coronel Teixeira e com todos os policiais militares do estado do Rio de Janeiro.

“Não vamos descansar enquanto os responsáveis por esse crime hediondo não estiverem nas mãos da Justiça”, afirmou.

Embora a primeira informação tenha sido de que os policiais foram vítimas de arrastão, o mais plausível é que tenha acontecido, na verdade, um atentado. Homens em uma moto e em outro carro teriam atacado os policiais com fuzil.

Caso essa informação seja confirmada pelas investigações – a corporação garante que foi atentado – tudo indica que o coronel já vinha sendo vigiado e perseguido por bandidos.

O Cidade Alerta, da Record TV, exibiu imagens dos dois policiais baleados chegando ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, e exibiu também a comoção dos policiais e da filha do coronel ao receberam a informação da morte.

Depois do ocorrido, a Polícia Militar interditou a autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, por volta das 16h. O planejamento da PM é invadir as favelas da região do Méier e do Completo de Lins para capturar os criminosos que mataram o comandante do 3º BPM com 17 tiros de fuzil. #Violência no Rio de Janeiro #PM morto

Tags:


Artigos relacionados

LOCAIS

Veículos com débitos de IPVA poderão fazer vistoria

by 24BRASILTVOct. 24, 2017, 10:31 p.m.2
LOCAIS

PM suspeito de matar turista espanhola é solto pela Justiça

by 24BRASILTVOct. 24, 2017, 7:21 p.m.2
LOCAIS

Violência: no Rio, 3 PMs são mortos em menos de cinco dias

by 24BRASILTVOct. 6, 2017, 2:41 a.m.2
LOCAIS

Bandido sequestra ônibus lotado na ponte Rio-Niterói

by 24BRASILTVSept. 1, 2017, 9:46 p.m.2
LOCAIS

Rock in Rio anuncia novas atrações

by 24BRASILTVSept. 1, 2017, 9:44 p.m.2
LOCAIS

Vítima da violência do Rio de Janeiro, criança de 7 anos morre

by 24BRASILTVSept. 1, 2017, 9:44 p.m.2